Loading...

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, COMBATE À FOME E POLÍTICAS SOBRE DROGAS
DO ESTADO DE PERNAMBUCO

    NOTÍCIAS

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Agreste e Sertão ganham novas cozinhas comunitárias e rede estadual se fortalece

    Combate à Fome
    • 22/3/2024
    • 17h02min

    Equipamentos ampliam oferta alimentar para população em situação de vulnerabilidade

    Altinho, no Agreste Central, e Parnamirim, no Sertão Central, inauguraram nesta sexta (22/03) suas cozinhas comunitárias, elevando para 108 o total de equipamentos em funcionamento em Pernambuco. Com essas unidades, a gestão da governadora Raquel Lyra chega a 53 inaugurações, sendo 14 nos primeiros três meses de 2024.

    Homenageando pessoas ilustres em suas comunidades – em Altinho, Sebastião Alfredo da Silva (Piu); e Francisca Batista de Alencar (Chica de Bobe), em Parnamirim –, as cozinhas são resultado da articulação entre Governo do Estado e municípios, em uma política de parceria cujo principal objetivo é enfrentar a insegurança alimentar e nutricional vivida em Pernambuco.

    Com oferta diária de 200 refeições em cada unidade, o total de pratos atualmente servidos pelas cozinhas impressiona: são 21,6 mil por dia, alcançando um total mensal de 475,2 mil refeições, em média. “Altinho é um exemplo emblemático do investimento que o governo Raquel Lyra tem feito nas políticas de assistência social e de combate à fome nos municípios. Em 2022, Altinho recebeu um total de R$ 30 mil em repasses. Em 2023, primeiro ano da nossa gestão, esse valor passou para R$ 130 mil, e a expectativa para 2024 é que os repassem cheguem a quase R$ 300 mil”, elenca Felipe Medeiros, secretário executivo de Combate à Fome da #SASGOVPE.

    Stephanie Rayale, sobrinha de Sebastião Alfredo da Silva, homenageado pela cozinha de Altinho, compareceu à cerimônia de inauguração. “Nossa família ficou muito grata pela homenagem, que é tão justa. Essa cozinha vai ajudar muitas pessoas, assim como meu tio Sebastião fazia. Lembro como as pessoas ficavam gratas pela solidariedade com que eram tratadas por ele”, diz a jovem.

    Em Parnamirim, a inauguração da Cozinha Comunitária Francisca Batista de Alencar (Chica de Bobe) vai colaborar para o combate à insegurança alimentar e nutricional no município, além de fortalecer a rede que tem se expandido em todo o Estado, mas notadamente no Sertão – somente este ano, Sertânia, Verdejante, Flores, Floresta e Serrita abriram as portas de suas cozinhas também.

    “O trabalho de combate à fome vai muito além de oferecer refeições. Essa política pública passa pelo acompanhamento socioassistencial completo das famílias beneficiadas, e isso só é possível com o cofinanciamento garantido e ampliado pela gestão estadual e com a proximidade existente entre a Secretaria e os municípios. Apoio técnico, orientação, capacitação: nós temos trabalhado de mãos dadas com as prefeituras. O resultado é a ampliação da rede do Programa Bom Prato e a redução da insegurança alimentar em nosso estado, pouco a pouco”, avalia Marília Torres, superintendente estadual de Combate à Fome.